Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!

Atenção carnavalescos e presidentes de escolas de samba!
Gostou de uma ideia, Clique na lâmpada e leia a nossa recomendação!

sexta-feira, 10 de março de 2017

Enredo 1103 - Um Shakespeare bem brasileiro Sonho de uma noite de verão no Rio de Janeiro

TÍTULO

Um Shakespeare bem brasileiro
Sonho de uma noite de verão no Rio de Janeiro

INTRODUÇÃO
E o carnaval nada mais é que um sonho. Um sonho de uma noite de verão. Título de umas das muitas peças do grande dramaturgo inglês Wiliam Shakespeare. A encenação shakespeariana se passa em Atenas e tem uma trama dividida em alguns núcleos, que se relacionam em algum momento da peça: A realeza ateniense, casais apaixonados que tentam fugir da lei para viverem do seu amor, trabalhadores que se reúnem para apresentar um espetáculo e seres encantados, como fadas e duendes. Personagens esses que faremos um paralelo com a nossa maior festa popular: o carnaval. Por conta dessa aproximação, faremos um novo enredo para esta história fantástica de Shakespeare. Teremos a realeza, representada pelos baluartes da escola de samba, as diversas “fantasias” que surgem pelas ruas nesta época do ano, o amor dos casais que fogem da mesmice e se entregam aos blocos de carnaval e os trabalhadores que fazem essa peça a céu aberto acontecer no lugar onde os sonhos se realizam: A Marquês de Sapucaí. Embarquemos juntos neste sonho sonhado por Shakespeare e agora transportado ao carnaval. Sonhemos com este Shakespeare bem brasileiro. 
                        
SINOPSE
                                                                       Abram as cortinas
Para este grande escritor
De diversas obras divinas
De comédias e tragédias de amor
Este ilustre bardo inglês
Que se foi há mais de 400 anos
Do teatro ainda é freguês
Desde os tempos elisabetanos
Esse dramaturgo genial
Cujo nome já é certo
Terá sua peça no carnaval
Neste teatro a céu aberto
Na cidade do Rio de Janeiro
Vem um Shakespeare bem brasileiro
                  
De tantas peças famosas
Fez-se uma escolha nada em vão
Nossa escola apresenta honrosa:
Sonho de uma noite de verão
E para contarmos de forma sutil
Sem guardar nenhum segredo
Traremos para o Brasil
Este folclórico enredo
E os personagens que na peça se fazem presentes
Traremos de uma forma diferente.

Ao invés da corte
Com duques e duquesas
Apresentamos
Por toda parte
Baluartes
Do samba e do carnaval
Baianas e sua dança,
As herdeiras crianças
E também o lindo casal
De mestre sala e porta bandeira
E a velha guarda
Formosa e faceira
Rei Momo,
Rainhas e princesas
Nessa corte carnavalesca.

Traremos também o núcleo
Dos seres místicos
No reino da fantasia
Fantasiados cheios de alegria
Onde a felicidade se perpetua:
A rua
Num ambiente onde o malandro
Faz dela, sua.
Com ele, não há quem possa
Só o rebolar
Da linda cabrocha.
Há neste lugar
Muita gente sorridente
Há algumas fadas e duendes
E também anjos e diabos entre nós
Passeando perto deles
Alguns super-heróis
A mágica dessa turma é conhecida
Lança perfume ou bebida.
Tem quem não acredita
Mas esse feitiço
Faz feio beijar gente bonita
E até deixa gente
Sem lembrar que perdeu a linha
Venha
Deixe-se enfeitiçar
Pelo som das marchinhas
“Cidade Maravilhosa
Cheias de encantos mil
Cidade maravilhosa
Coração do meu Brasil”...¹

E os casais apaixonados
Que almejam a felicidade
Percorrem toda a cidade
Aos sons dos bumbos
E das cornetas
No cordão do “Bola Preta”
Foram até as “Carmelitas”
Curtiram o “Monobloco”
E os casais
Ficaram nessa
De “troco ou não troco”
Eles foram pra lá!
No “Meu bem volto já”
Fugiram
Pra aliviar a dor
No “Simpatia é quase amor”
E ao longo do caminho
Não se surpreenda
Com o bloco do “Sargento Pimenta”
Caramba!
Vejam vocês!
Como nosso amigo Shakespeare
Tem gente cantando samba
Em inglês
“She loves you... YEAH! YEAH! YEAH”²

Na peça Shakespeariana
Um grupo bem bacana
Prepara uma encenação
Para ser apresentada
Em uma celebração
E para um espetáculo acontecer
Outros também bacanas
Trabalham pra valer
Dias, meses, o ano inteiro
Iluminadores, ferreiros,
Marceneiros, costureiros
Mestres de tudo que é tipo
Ensaiam para deixar tudo bonito
As ideias
E desenhos nos croquis
Se transformam em realidade
Na Marquês de Sapucaí.

E para encerrar este enredo
Faremos assim:
Para não ser tudo tão diferente
Traremos o mesmo fim:

(Entra o personagem com uma vassoura)
Fui enviado com a vassoura,
Para varrer o pó para atrás da porta;

Pensem que tudo pode ser corrigido;
Que vocês aqui adormeceram,
Enquanto estas visões apareceram.

E esta história sem importância,
Nada proporcionou
Exceto um sonho”³

1-    Trecho da marchinha – Cidade Maravilhosa
2-    Trecho da música “She loves you” dos Beatles
3-    Compilação de alguns trechos da última fala do personagem Puck no livro “Sonho de uma noite de verão” de Wiliam Shakespeare.

Fábio Granville




DESENVOLVIMENTO

SETOR UM
MUITO PRAZER, SHAKESPEARE
Faremos renascer na Marquês de Sapucaí o maior dramaturgo de todos os tempos: Wiliam Shakespeare. Traremos algumas obras importantes do autor renascentista e principalmente a trama de nossa inspiração: Sonho de uma noite de verão


COMISSÃO DE FRENTE
WILLIAM SHAKESPEARE
12 componentes com figurino e maquiagem numa representação do autor inglês William Shakespeare. Os “Shakespeares” sambam como malandros e apresentam a escola. O elemento alegórico é um tripé com 36 livros que o autor escreveu, todos os seus títulos, menos o “Sonho de uma noite de verão”. Livros esses alinhados e enfileirados dentro de uma caixa. Os “Shakespeares” trocam de lugar com outros 12 componentes que estavam escondidos, dentro dos livros que eles representam, livros esses que se mexem no tripé 1, um de cada vez, e se abrem quando saem da fileira, apresentando os personagens. Esses personagens foram escolhidos por serem uns dos mais famosos do autor. São eles: Romeu (1) e Julieta (2) da peça “Romeu e Julieta”, Petrucchio (3) e Catarina (4) da peça “A Megera domada”, Otelo (5) da peça “Otelo”, Hamlet (6) da peça “Hamlet”, Rei Lear (7) da peça “Rei Lear”, Falstaff (8) da peça “As alegres comadres de Windsor”, Macbeth (9) da peça “MacBeth”, Antonio (10) e Cleopatra (11) da peça “Antonio e Cleopatra” e Ricardo III (12) da peça “Ricardo III”. A coreografia evidencia característica de cada peça. Ao fim, os personagens se escondem pela parte de trás da biblioteca e os “Shakespeares” reaparecem, formando o sobrenome do autor dentro dos respectivos livros.

TRIPÉ 01
LIVROS DE SHAKESPEARE
Representações dos 36 livros de Shakespeare (Todos, exceto “sonho de uma noite de verão”), com altura de 3m cada “livro”, enfileirados. O tripé tem uma engrenagem que faz com que alguns dos livros se mexam e saiam da caixa. Este tripé faz parte da Comissão de frente.
           
Ala 01
COMÉDIA E TRAGÉDIA
Fantasias com uma capa vermelha, representando as cortinas do teatro e um estandarte com as máscaras da comédia e da tragédia em dourado.


TRIPÉ 02
O LIVRO ESCOLHIDO – SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO
Livro parecido com os da Comissão de frente, com o título “Sonho de uma noite de verão”. Este livro também tem uma engrenagem que permite que o livro se mexa como se tivesse sendo folheado, mostrando as principais figuras da história.

Ala 02
RENASCENÇA
Homens vestidos com roupas da época da Renascença, representando os espectadores do teatro.


Ala 03
ELISABETH I
Roupas bem grandes e luxuosas, no estilo elisabetano, com joias, pedrarias e longa saia, representando a rainha que se encantava com as peças do autor.


CARRO 01
SONHO DE UMA NOITE DE VERÃO NO TEATRO ELISABETANO
Uma representação vasada do teatro elisabetano, com apresentação da peça integral e original de Shakespeare, com diversas esc
ulturas de fadas, ninfas, elfos e duendes, dando o clima de fantasia e conto de fadas que essa peça traz.




SETOR DOIS
A realeza do samba
Ao invés da corte Ateniense retratada no livro, traremos o que temos de mais nobre no samba: os representantes de a alta representatividade dentro das escolas de samba.

Ala 4: BAIANAS
AS TIAS DO SAMBA
Inspiração na tia Ciata, com roupas brancas típicas, turbante, colares, um pano colorido africano trespassado.

Ala 5: CRIANÇAS
VÔCE VALE OURO
Crianças vestidas de dourado – “você vale ouro, todo meu tesouro”. Os herdeiros.

Mestre Sala e Porta Bandeira:
O MAIS NOBRE BAILADO
Casal bem luxuoso, com fantasias douradas, brilhantes, saia representando uma coroa e mestre sala representando o cetro real.

Ala 6: VELHA GUARDA DA ESCOLA
O LEGADO CARNAVALESCO
Ternos e vestidos nas cores da escola – verde e branco – assim como coroas nas cabeças e o símbolo da escola bordado na parte de trás da roupa e coroa nas cabeças.

Ala 7: VELHAS GUARDAS CONVIDADAS
OS DONOS DO PEDAÇO
Mesma roupa da velha guarda da escola, porém, com ternos com as cores das escolas representadas e o bordado nas costas do símbolo da escola.

Ala 8
A CHAVE
Ala dourada, em forma de chave, representando o símbolo das chaves da Cidade para o Rei Momo comandar a folia. Um simbolismo para o reinado do carnaval acontecer na cidade Maravilhosa.

CARRO 02
A CORTE CARNAVALESCA
Um grande trono com a escultura do rei Momo e escultura das princesas do carnaval, com o símbolo da Marquês de Sapucaí na parte de trás do carro, e como se fosse um tapete, representando a avenida sobre os pés dessa corte, onde estarão os eleitos da corte carnavalesca do ano.


SETOR TRÊS
CHEIA DE ENCANTOS MIL
“Cheia de encantos mil” como a marchinha de carnaval sugere, os blocos de ruas são locais onde as fantasias se transformam.

Ala 09: ALA COREOGRAFADA
MALANDRO E CABROCHA
Fantasia tradicional, terno branco e gravata vermelha para os malandros, vestido rendado vermelho para as cabrochas. Coreografia de danças de salão.

Ala 10
CHEIOS DE FANTASIA
Uma ala com diversas fantasias de carnaval, num bloco só. – fadas, duendes, super-heróis, anjinhas, diabinhas, etc. Ala bem colorida e misturada.


Ala 11
O FEITIÇO DO LANÇA PERFUME
Fantasias inspiradas em um cupido, onde, ao invés de flecha, leva um lança perfume.

Ala 12
LATINHAS DE ESQUECIMENTO
Fantasias com tons prateados com diversas latinhas amassadas cobrindo o corpo do desfilante.

CARRO 03
CIDADE MARAVILHOSA, CHEIAS DE ENCANTOS MIL
Inspirado na marchinha “Cidade Maravilhosa” o carro representa alguns cartões postais do Rio de Janeiro como os arcos da Lapa e o Cristo redentor, num grande colorido, com confetes e serpentinas sendo atirados para o público.

 


SETOR QUATRO
LOVE, LOVE ME DO
Seguindo o paralelo com o livro, os casais fogem para uma floresta de gente: as ruas do Rio de Janeiro. Blocos esses que inspiram diversos casais apaixonados, em ritmo de folia.

Ala 13
BOLA PRETA
Fantasias brancas, com bolinhas pretas e o estandarte característico do bloco.


Ala 14
CARMELITAS
Grandes bonecos de mamulengo representando uma freira carmelita

 
Ala 15: BATERIA
MONOBLOCO
Fantasia inspirada para dar um efeito como pixels na avenida, coloridos e piscantes.

Ala 16
MEU BEM VOLTO JÁ
Fantasias em pares nas cores do bloco, vermelho, azul e amarelo. Homens com plaquinhas “Meu bem” e as mulheres com uma plaquinha “Volto já”.

Ala 17
SIMPATIA É QUASE AMOR
Fantasias de pierrots e colombinas nas cores do Bloco – Amarelo e roxo.

Carro 04
SARGENTO PIMENTA – SHE LOVES YOU...YEAH! YEAH! YEAH!
Carro inspirado na temática do álbum “Yellow Submarine” dos Beatles, no clima bem colorido e psicodélico, com esculturas dos quatro Beatles com a vestimenta “Sargent Pepper” e vários balões em forma de corações pelo carro.




SETOR CINCO
O MEU SONHO É TÃO REAL...
Tal como na peça de Shakespeare, trabalhadores transformam, com seu trabalho e dedicação, uma peça a céu aberto, um espetáculo que faz sonho parecer realidade, embora, tudo seja apenas um sonho.

Ala 18
ILUMINADORES
Macacão preto com um chapéu com dois refletores giratórios com luzes coloridas

Ala 19: Ala coreografada
FERREIROS
Fantasia em tom metálico. Os desfilantes ficam dentro de um tipo de andaime. Durante o desfile fazem coreografia com eles.

Ala 20
MARCENEIROS
Macacão marrom e uma ripa de madeira segurando pelo ombro (tal qual figura)


Ala 21: CADEIRANTES
COSTUREIRAS E COSTUREIROS
Cabeça como uma almofada com alfinetes espetados uma réplica de isopor de uma máquina de costura, com um pano caindo com a palavra carnaval escrita nele.

Carro 05
TUDO NÃO PASSA DE UM SONHO
De ponta a ponta do carro em letras grandes o nome “SHAKESPEARE” em letras maiúsculas, feitas de ferro, ainda sem serem revestidas. Efeito especial com faíscas na letra inicial (S) e final (E). Acima das letras, uma escultura quase incompleta do autor inglês, apenas no isopor, sendo pintada e ainda esculpida na avenida, sobre plumas e paetês. Na lateral dos carros, um tipo de armário, coberto por um pano onde estão desenhadas as fantasias, como nos croquis. Ao longo da avenida, vai abrindo e fechando esse pano, mostrando a mesma fantasia desenhada, mas agora na forma real, com um destaque vestindo-a. Na parte de trás, um desenho de um palco de teatro, cortinas vermelhas semiabertas com a frase:
“E esta história sem importância nada proporcionou exceto um sonho”
Purpurinas serão lançadas para trás, com os garis varrendo este sonho para outra escola passar.




FIM

AUTOR
Fabio Granville
36 anos
Professor
Santista

Campeão do V Concurso de enredos
Enredo: “Respeite a majestade da nossa coroa”         

Vice-campeão do VI concurso de enredos
Enredo: “O Grito saiu da tela...e invadiu a passarela”

Vice-campeão do VII concurso de enredos
Enredo: “De restos e sobras também se faz carnaval”

Sexto colocado do VIII concurso de enredos
Enredo: “Indícios, vestígios, memórias – resquícios da nossa história”.

Vice-campeão do IX concurso de enredos
Enredo: Um carnaval de peso – tem gordo na folia – do glutão ao obeso nossa fome é de alegria.

Campeão do X concurso de enredos e Vice Campeão do Supercampeonato

Enredo: Com a morte do Barão tivemos dois carnavá! Ai que bom! Ai que gostoso! Se todo ano fosse iguá!

CONTATO:

PESQUISAS

Livros:
- Sonho de uma noite de verão
Autor: William Shakespeare
Editora: Martin Claret

- Shakespeare: o que as peças contam
Autora: Barbara Eliodora
Editora: Edições de Janeiro

2 comentários:

  1. Simplesmente encantador!!! Um sonho! Ao conhecê -lo na arquibancada da Marquês de Sapucaí no último carnaval, com a empolgação estampada no seu rosto, nos gestos e comentarios, ja percebi que estava diante da própria sensibilidade personificada!
    Parabéns! Sucesso! Prazer em conhecê -lo!

    ResponderExcluir
  2. SHOW DE TUDO........SHOW DE TUDO.....

    ResponderExcluir

Marcadores